PROJETOS

compact-TECH

Sistemas compactos de instrumentação, controlo e automação para teste de equipamentos de climatização e refrigeração

  • Código do projeto
    POCI-01-0247-FEDER-033316 / LISBOA-01-0247-FEDER-033316
  • Data de aprovação
    25/06/2018
  • Data de início
    01/08/2018
  • Data de conclusão
    30/07/2020
  • Promotor
    ARALAB
  • Copromotores
    Itecons
  • Custo total elegível
    553.655,01 €
  • Apoio financeiro da União Europeia
    FEDER - 190.858,48 €
  • Apoio financeiro público nacional/regional
    PORL - 119.670,81 €
  • Financiamento

OBJETIVO PRINCIPAL
Criar um segmento inovador de sistemas compactos de instrumentação, controlo e automação para teste de equipamentos de climatização e refrigeração com elevado potencial de exportação.

ENQUADRAMENTO
A Aralab tem reconhecido uma janela de oportunidade no fornecimento de novos mercados que procuram não apenas câmaras climáticas, mas soluções integradas que visem aplicações particulares, relacionadas, por exemplo, com a avaliação da eficiência energética e cálculo de rendimentos de equipamentos de climatização, com a criação e controlo de fluxos de ar laminar exigidos em ensaios de equipamentos frigoríficos, entre outros.

De forma a responder às necessidades da indústria e dos centros de investigação, pretende desenvolver sistemas compactos de instrumentação, controlo e automação para teste de equipamentos de climatização e refrigeração com elevado potencial de exportação.

PRINCIPAIS OBJETIVOS
- Definir exigências/requisitos técnicos e funcionais a impor aos vários sistemas de instrumentação que se pretendem desenvolver;
- Conceber e desenvolver os vários sistemas de instrumentação;
- Modelação numérica para a simulação de fenómenos físicos relevantes para o comportamento dos vários sistemas de instrumentação;
- Conceber e desenvolver os sistemas de aquisição de dados, de automação e controlo;
- Definir kits de componentes, incluindo módulos de software;
- Aplicação dos vários sistemas num protótipo funcional;
- Caraterizar experimentalmente os vários componentes e sistemas de instrumentação, controlo e automação projetados, considerando diferentes cenários de utilização.

ATIVIDADES DO PROJETO E RESULTADOS ESPERADOS
- Estudos preparatórios
- Conceção e projeto dos sistemas de instrumentação
- Conceção de sistemas de aquisição de dados, de automação e controlo
- Experimentação e validação
- Sistematização e disseminação de resultados

Estudos preparatórios – Definir metodologias de prospeção e vigilância tecnológica; identificar as exigências/requisitos técnicos e funcionais a impor aos vários sistemas de instrumentação que se pretendem desenvolver; e identificar os requisitos técnicos e funcionais a impor aos sistemas de automação e controlo, face aos sistemas de instrumentação que se pretendem desenvolver.

Conceção e projeto dos sistemas de instrumentação – A concepção e desenvolvimento dos projectos técnicos para os vários sistemas de instrumentação. Definição dos materiais e componentes e dos kits de sistemas de instrumentação. Modelação numérica para estudar fenómenos físicos importantes.

Conceção de sistemas de aquisição de dados, de automação e controlo – Nesta actividade serão definidos os sistemas de aquisição de dados, de automação e controlo. Serão identificados os vários parâmetros a serem monitorizados de modo a definir ações de controlo e a automatização de operações.

Experimentação e validação – Verificação da viabilidade tecnológica dos sistemas estudados. Para tal pretende-se: proceder à interligação dos vários sistemas; aplicar os sistemas desenvolvidos em demonstradores; caracterizar os vários sistemas de instrumentação, controlo e automação estudados; e avaliar o seu desempenho e durabilidade, testando e monitorizando os vários sistemas de instrumentação.

Sistematização e disseminação de resultados – Para divulgação dos resultados do projeto serão preparados os seguintes conteúdos: desenvolvimento de website de projeto, e outros conteúdos para fins promocionais; divulgar a partir de publicações técnico-científicas; promover a apresentação oficial dos protótipos em feiras especializadas.